Sociologia da educação no Brasil

Sociologia da educação no Brasil
5 (100%) 4 votes

A Sociologia da Educação é o segmento da Sociologia que pesquisa a realidade socioeducacional e os processos educativos para a socialização do estudante. Sua teoria base está focada na formação do homem, no processo educativo, para que atue com mais criticidade e cidadania no mundo.

São os mesmos fundadores da Sociologia, que são os sociólogos e intelectuais Emile Durkheim, Karl Marx e Marx Weber, os criadores da ciência sociologia educacional. No entanto, estava no primeiro teórico citado, Durkheim, o grande responsável por fazer relações entre a Sociologia e a educação.

Sociologia da educação no Brasil

- anúncios -

Ele o primeiro a criar uma Sociologia da Educação com sistemas de investigação científica, estudos e livros voltados para a sociologia educacional como é o exemplo das obras Educação e Sociologia, Evolução Pedagógica na França e Educação Moral.

A Sociologia da Educação cria a possibilidade de gerar nos seus investigadores, ou ainda pesquisadores, compreender todos os detalhes do processo educativo, entendendo que a educação não é um fator isolado, mas é algo que se concretiza dentro de uma sociedade que por sua vez, tem suas leis, seus códigos e suas regras de vivência.

Esse estudo, também gera a compreensão de que a educação se efetiva no espaço das interrelações entre o homem, sociedade e escola. O que por sua vez é a fusão de diversas outras sociologias unidas para enriquecer a pesquisa daquele que estuda a sociologia da educação.

Origem da Sociologia de Educação no Brasil

No Brasil, um dos precursores do estudo da Sociologia da Educação foi Fernando Azevedo, uma dos participantes de um movimento chamado o Manifesto dos Pioneiros da Escola Nova. Esse movimento foi que gerou a grande Reforma do Ensino no estado do Distrito Federal.

- anúncios -

A sociologia da educação é uma das vertentes da ciência que permite se conhecer as ligações entre a ciência sociologia e educação, como essenciais para que, através da educação, sejam entendidas relações determinantes para a produção e reprodução homem crítico, sujeito e o papel da escola na formação dele.

- anúncios -

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *