Oração Coordenada: Atividades e Exercícios

Oração Coordenada: Atividades e Exercícios
Rate this post

Tire todas suas dúvidas sobre Oração Coordenada e leiam com atenção as Atividades e Exercícios.

A oração coordenada é aquela que se coloca ao lado de outra, mas sem desempenhar uma função sintática; pois são sintaticamente independentes.

Eles são totalmente ligadas por conectivos ou justapostas, ou seja, separadas por uma vírgula.

- anúncios -

1ª oração – A atriz falou aos jornalistas

2ª oração – e despediu-se em seguida.

Agora preste atenção que a 2ª oração não está encaixada na 1ª, não funciona como termo da oração anterior, não se relaciona sintaticamente com nenhuma palavra da 1ª oração. Perceberam?

Oração Coordenada: Atividades e Exercícios

Essas orações coordenadas: sindéticas e assindéticas

  • Sindéticas: são orações coordenadas introduzidas por conjunção.
    Exemplo: Deve ter chovido à noite, pois o chão está molhado.
  • Assindéticas: são as orações coordenadas que não são introduzidas por conjunção.
    Exemplo: Tudo passa, tudo corre: é a lei.

Oração Coordenada

Orações coordenadas sindéticas

As orações coordenadas sindéticas são classificadas de acordo com a conjunção coordenativa que as introduz. Podem ser:

  • Aditivas: estabelecem ideia de adição, soma.
    Exemplo: Não venderemos a casa, nem (venderemos) o carro.

São conjunções aditivas: e, nem, mas, também.

  • Adversativas: estabelecem oposição, adversidade.
    Exemplo: Gostaria de ter viajado, mas não tive férias.

São conjunções adversativas: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto.

- anúncios -
  • Alternativas: estabelecem alternância.
    Exemplo: Siga o mapa ou peça informações.

São conjunções alternativas: ou…ou, ora…ora, já…já, quer…quer, siga…siga.

  • Conclusivas: estabelecem conclusão.
    Exemplo: São todos cegos portanto não podem ver.

São conjunções conclusivas: portanto, logo, por isso, pois, assim.

  • Explicativas: estabelecem explicação.
    Exemplo: Senti frio, porque estava sem agasalho.

Produzido por Marina Cabral em Mundo educação.

Veja Também: Coesão e Coerência

- anúncios -

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *