Civilizações da Mesopotâmia

Civilizações da Mesopotâmia
5 (100%) 2 votes

Conheça tudo sobre a história de uma das maiores eras e considerada o “Berço da Civilização”, saiba tudo sobre a “Mesopotâmia” influente para o mundo. A denominação de “Mesopotâmia” tem um significado de “Terra entre Rios” já que a região é formada por duas bacias, uma do Rio Eufrates e outro do Rio Tigre.

Trata-se de um pedaço valioso para a nossa história num geral. É um planalto que tem sua origem vulcânica e está localizado no Oriente Médio e tem como delimitação os dois rios Eufrates e tigre, que hoje é ocupado pelo território Iraquiano. A região é toda rodeada por desertos e os rios desemborcam no Golfo Pérsico. É uma região que oferece grande sustento da agricultura, isso porque está situada na área de crescente fértil. Vemos presentes na Mesopotâmia duas distintas áreas: Alta mesopotâmia (conhecida também como Assíria) ao norte, e Baixa mesopotâmia (conhecida também como Caldéia) ao sul. Possui suas diversificações de solos.

publicidade

Civilizações da Mesopotâmia

Marco histórico, As civilizações da Mesopotâmia foram o berço pra aos grandes povos. Acima uma escultura da tribo de “Assírios”, que habitavam as margens do Rio Tigre.

Mistura de Raças

Por se tratar de terra muito rica, mas também de difícil sustento, a Mesopotâmia fora marcada por povos conhecidos como nômades que provinham das mais diversas regiões diferentes. Entretanto, alguns nômades resolveram ali aquietar-se, criando uma mistura de culturas, raças, etnias, e daí deram origem a sociedade mesopotâmica. Foram denominados de: sumérios, acádios, amoritas, antigos babilônios, assírios, elamitas, caldeus e por fim os neobabilônicos. Conclui-se que apesar de tudo, de economia formada, cultura e sociedade, nunca chegou-se a formar um estado Mesopotâmico de fato, devido as dimensões territoriais ali presentes.

Acima no Mapa da Civilizações da Mesopotâmia que tinha suas divisões de regiões e cidades. (Reprodução)

Leis e Direitos

Vemos presente ali os primeiros indícios de direito que conhecemos no mundo com o Código de Hamurabi, com um total de 282 leis que abrangia de forma simples os mais diversos aspectos da vida babilônica. Tinha referencias a crimes contra o patrimônio e também contra o comercio, propriedade e até mesmo a herança. Víamos presentes ali o direito a família, direitos das mulheres e também sobre o procedimento do adultério. Tem como característica principal a conhecida Pena ou Lei do Talião (olho por olho e dente por dente). Por incrível que pareça, em alguns países ainda vemos presente muito de seus seguimentos.

publicidade

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *